Associação de Apoio e
Informação a Cegos e Amblíopes

Como contactar as Organizações relativamente a problemas de acessibilidade nos seus sites

Introdução

O seu contacto com uma organização no que respeita a acessibilidade é importante para si e para todas as pessoas com necessidades especiais na utilização da Internet.

Nem todas organizações e programadores estão sensibilizados para o problema da acessibilidade e por isso, provavelmente, as suas prioridades são outras no que respeita à conformidade do site com as diretivas e normas de acessibilidade.

Assim, desconhecedores do problema, também não estão sensibilizados para os benefícios de ao terem um site acessível lhes aumentar a sua visibilidade na Internet, isto para além da sua responsabilidade social.

Antes de Contactar as Organizações, considere a sua abordagem.

Quando contactar uma organização deverá ter em consideração o modo como a aborda em função dos resultados pretendidos. É importante estar consciente que a entidade contactada poderá não estar a par da sua dificuldade nem de como tornar um site acessível.

Sugere-se uma abordagem inicial positiva, assumindo que desconhecem as barreiras à acessibilidade no seu site, identificando claramente a dificuldade e o benefício da sua correção sem qualquer juízo de valores.

Como contactar uma organização para reportar um problema de acessibilidade

Antes de qualquer contacto deverá validar a dificuldade encontrado com terceiros (um seu amigo por exemplo) bem como com outras tecnologias com que interage com o site em causa a fim de evitar qualquer erro do lado do consumidor da informação no site e assim evitar um eventual mal-entendido.

Caso se confirme a dificuldade, deverá tentar encontrar os contactos da entidade responsável pelo site, tanto tanto na vertente técnica como institucional.

Deverá ser claro e preciso na identificação do problema bem com na identificação do benefício da sua resolução. Para isso recolha todas as informações necessárias à clara explicitação da dificuldade de acesso ao site tais como:

Identifique-se e disponibilize-se para mais informações e validação das eventuais correções e caso tenha recorrido a alguma ferramenta ou referencia para validação indique-o também.

Guarde cópias (evidências) das dificuldades encontradas pois poderão se de grande utilidade para referência futura.

Aguarde por uma resposta e antes de contacta novamente a organização verifique se o problema não foi entretanto corrigido.

Caso a resposta não lhe agrade ou o problema não seja resolvido de forma satisfatória consulte por exemplo uma organização de defesa do consumidor ou outra de apoio as suas necessidades especiais pois poderá encontrar aí a informação e apoio necessário que conduzam à resolução do problema.

Encoraje e reconheça o esforço nos sites acessíveis.

Não contacte apenas para dizer que as coisas não estão bem, lembre-se que é muito gratificante o reconhecimento do esforço para conceber e manter um site acessível, por isso contacte também para reconhecer o trabalho desenvolvido na área da acessibilidade.

Exemplo de contacto por correio eletrónico

No exemplo abaixo encontrará entre parêntesis retos “[]” algumas dicas a completar para um email.

Assunto: problema de acessibilidade encontrado no vosso site [nome do site]

Exmos. Srs. [nome da organização]

Ao tentar aceder ao vosso site na página [endereço da página] com recurso [nome e versão da ferramenta de acesso utilizada] encontrei um problema [descrever sumariamente o problema].

Perante esta dificuldade não me foi possível [descrever o que não conseguiu fazer].

Caso necessitem de mais detalhes relativamente a este problema encontro-me disponível para qualquer esclarecimento.

Atenciosamente
[o seu nome e contactos]

Nota: Encoraja-se a alteração do exemplo acima para a forma que entenda mais conveniente.

Reconhecimentos e referencias:

A informação aqui disponibilizada baseia-se nas recomendações contantes na página “Contacting Organizations about Inaccessible Websites” da Web Accessibility Initiative (WAI) – acessível em: http://www.w3.org/WAI/users/inaccessible.html.

Algumas das técnicas e diretivas de referência encontram-se descritas neste site da AAICA na página "A Acessibilidade no site".

Página actualizada em: 22-02-2014 19:55